Hábitos Atômicos – Como desenvolver novos hábitos

Tempo de leitura: 8 minutos

Todos nós empreendedores sabemos da importância de desenvolver hábitos positivos que nos levem a conquistar nossos objetivos.

No livro Hábitos Atômicos o autor defende o conceito de sermos 1% melhores todos os dias para formar novos hábitos positivos e eliminar os hábitos negativos da nossa vida, a ideia é focar em pequenos progressos, evoluindo um pouco de cada vez, dia após dia.

Aqui trarei um breve resumo do livro e de como você pode utilizar seus ensinamentos para desenvolver novos hábitos de uma maneira muito mais fácil.

Se você preferir, também pode assistir ao vídeo:

Conteúdo

Todos nós temos 24 horas por dia.

Então o que difere aqueles que têm resultados impressionantes e realizam feitos incríveis dos que não conseguem realizar nada?

Se você falou “os nossos hábitos” acertou! Afinal, somos a soma de todos eles.

Com isso em mente muitas pessoas tentam eliminar hábitos ruins e desenvolver novos bons hábitos em suas vidas mas acabam falhando miseravelmente.

Isso na grande maioria das vezes acontece por tentarem dar um grande passo de uma só vez.

Um grande exemplo desse comportamento são as metas de ano novo.

Todos os anos a história se repete…

Nos últimos dias do ano todos traçam metas e objetivos surreais para o ano que se inicia.

Pessoas que nunca fizeram uma atividade física na vida prometem perder vários quilos e fazer exercícios físicos todos os dias, outros prometem começar a ler 1 livro por semana e assim por diante…

Eu já fiz isso e provavelmente você também.

Não me entenda mal, não existe nada de errado em definir metas de ano novo, na verdade isso é super válido. Porém boa parte delas não chegam nem ao meio do ano justamente por exigirem um esforço surreal por um grande período de tempo.

Nós tendemos a valorizar os grandes resultados e acreditar que eles aconteceram da noite para o dia, quando na verdade os grandes feitos são resultado de pequenas ações feitas consistentemente. Consistência é a palavra-chave para a criação de novos hábitos e consequentemente grandes realizações.

No livro Hábitos Atômicos, James Clear defende que é muito mais eficiente definir objetivos sutis que a um primeiro olhar pareçam insignificantes como um átomo(daí o nome do livro) mas que ao mesmo tempo possuem um potencial explosivo.

Procure evoluir apenas 1%, mas faça isso todo santo dia.

Essa atitude é muito mais eficiente que evoluir 10% em um dia e passar outros 15 estagnado.

Alguns estudos indicam que a instalação de um novo hábito pode durar 21 dias, outros mencionam até 66 dias, existem ainda os que citam 90 dias, portanto, planeje ser consistente por pelo menos 3 meses antes de esperar resultados de um novo hábito.

Vale do desapontamento

No livro Hábitos Atômicos o James Clear cita um conceito muito interessante, algo que ele chama de “Vale do Desapontamento”.

A ideia é que depois da fase inicial da instalação de um novo hábito, quando geralmente estamos empolgados, motivados e cheios de força de vontade, passaremos pelo vale do desapontamento, que é o período mais dificil, onde parece que se está estagnado e que todo esforço aplicado não está valendo a pena.

A boa notícia é que o processo de criação de um novo hábito sempre ocorre de forma exponencial e não linear como tendemos a acreditar.

Logo depois do “Vale do desapontamento” vem a zona mais prazerosa que é quando começamos ver os primeiros resultados do novo hábito e ele tende a se solidificar cada vez mais e de maneira muito mais fácil.

As 4 leis da mudança de comportamento

Segundo o autor, os Hábitos são formados em 4 etapas:

A primeira etapa, é o Gatilho, Algo que desperta seu interesse por alguma recompensa instantânea;

Depois vem o Anseio, A força motivacional por trás do hábito;

Seguido da Rotina, a ação feita, o hábito em si;

E por fim, a Recompensa, O objetivo final de todo hábito;

Em Hábitos Atômicos, James Clear ensina ainda 4 leis para a mudança de comportamento, seja ela para instalação de novos hábitos positivos ou para eliminar hábitos negativos.

Primeiro vamos falar da mudança de comportamento para instalação de hábitos positivos:

A primeira Lei 1 é tornar o gatilho óbvio

Quanto mais facilmente o hábito for desperto, maiores as probabilidades dele ficar enraizado na sua rotina.

Se você quer desenvolver o hábito de beber mais água, tenha sempre por perto uma garrafinha cheia e coloque várias delas na sua geladeira, assim toda vez que abrí-la você dará de frente com uma, o gatilho será acionado de maneira muito mais fácil e várias vezes ao dia.

A Lei número 2 consiste em Tornar o Anseio Atrativo

O Anseio é a motivação intrínseca por trás do hábito, o real motivo pelo qual fazemos o que fazemos.

Procure descobrir qual o anseio por trás do hábito positivo que você quer desenvolver e intensifique isso ao máximo.

Lei número 3 — Torne a rotina fácil

Este é um dos principais conceitos do livro. Quanto mais fácil a rotina que desenvolve o hábito for, menores serão suas desculpas para não fazê-lo.

Se você deseja desenvolver o hábito da leitura, um bom começo pode ser se comprometer a ler 1 página por dia, ou até menos que isso, 1 parágrafo por dia.

Seu cérebro simplesmente não terá desculpa nenhuma para não ler um parágrafo, isso na grande maioria das vezes tomará menos de 1 minuto. Quem não tem 1 minuto livre no dia?

A melhor parte nisso é que se você fizer mais do que se propôs, o que nesse caso por exemplo seria muito fácil já que bastava ler apenas 1 linha a mais, você começa a sentir um certo orgulho de si mesmo e o hábito vai se enraizando cada vez mais rápido.

Lei número 4 — Torne a recompensa prazerosa

Nosso cérebro está sempre buscando o prazer instantâneo e fugindo da dor, torne a recompensa o mais prazerosa possível, dessa forma executar a rotina se torna irresistível.

O próprio ato de finalizar algo que se propôs a fazer já fará com que você sinta certo nível de prazer, mas também vale se dar pequenos prêmios a cada etapa concluída.

Para eliminar hábitos negativos seguimos a lógica inversa:

Lei número 1 — Torne o gatilho invisível

Se o gatilho que faz com que você saia da dieta é abrir a geladeira ou o armário e encontrar guloseimas, simplesmente não compre eles no mercado.

Faça o que puder para evitar o gatilho que desperta o anseio de executar a rotina do hábito.

Lei número 2 — Torne o anseio abominável

A técnica aqui consiste em tornar o anseio o mais abominável possível, algo que você não se sinta a melhor pessoa do mundo por estar desejando.

Isso tende a dificultar a execução da rotina.

Lei número 3 — Torne a rotina difícil

Se você quer eliminar o hábito de ativar o modo soneca do celular ao acordar, coloque o despertador do outro lado do quarto, ou seja, torne a rotina de ativar o modo soneca difícil de ser executada.

Lei número 4 — Torne a recompensa dolorosa

Essa é uma das partes mais difíceis quando se trata de eliminar um hábito negativo.

Afinal o nosso cérebro foi treinado ao longo do tempo para buscar prazeres instantâneos e convenhamos que comer um chocolate é muito mais prazeroso que comer uma fruta.

Por isso, tente fazer a mudança de forma sutil e prazerosa.

Você também pode tentar substituir a rotina negativa por uma menos prejudicial ou positiva, transformando assim um hábito ruim em um hábito bom.

O mais importante é evoluir gradualmente.

Mudanças minúsculas do tamanho de um átomo possuem um potencial explosivo, assim como eles.

Lembre-se: Seja apenas 1% melhor, mas faça isso todo santo dia.

Conclusão

Hábitos Atômicos é um dos livros que eu acredito ter o poder de transformar a vida de várias pessoas.

Procurei fazer aqui um resumo mais didático possível, mas caso você queira realmente desenvolver hábitos atômicos, a leitura completa do livro é imprescindível.

Nos vemos em breve por aqui, se inscreva também no nosso canal no YouTube, é só clicar aqui.

Aquele abraço e até mais!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *